5 Passos para Implementar um Plano de Mobilidade Corporativa com Resultados

,

25 abr 2017

Quando o assunto é deslocamento de colaboradores, é preciso planejamento para implementar com eficiência qualquer iniciativa. Alguns passos se mostraram recorrentes entre as empresas que têm implementado iniciativas de mobilidade corporativa com sucesso. A seguir, listamos boas práticas entre os modelos que deram certo nesse sentido.
1)  Entender o perfil dos funcionários e as necessidades dentro da empresa
Para escolher entre as opções que devem ter mais prioridade, é importante conhecer bem as necessidades dentro da empresa e abrir o leque de possibilidades. Por isso, conversar com os funcionários e fazer pesquisas para entender seu perfil de deslocamento e preferências de transporte pode trazer insumos bastante relevantes para a decisão. Faz sentido incentivar a bicicleta se a maioria das pessoas mora longe do trabalho? Trabalho à distância é uma opção dentro da empresa? Empresas como a Microsoft nos Estados unidos, por exemplo, promoveram grupos de discussão sobre o tema. Alguns grupos juntavam propositalmente pessoas que moram próximas umas às outras e pouco se conheciam, para chegar a conclusões mais customizadas.
2) Identificar e mobilizar os responsáveis internos
Também é importante identificar dentro da empresa as possibilidades que são financeiramente e operacionalmente viáveis, além de levantar as áreas que deverão administrar o projeto e seus responsáveis. Em geral, as áreas de Recursos Humanos e Facilities são responsáveis diretos por esse tipo de ação, porém Sustentabilidade, Marketing e Comunicação Interna podem ser chaves para promover a iniciativa e contribuir de diversas maneiras para seu sucesso. A comunicação dentro da empresa é essencial para que o projeto implementado tenha sucesso.
3) Buscar parceiros especializados
Instituições que promovem a bicicleta, facilitam a logística de caronas ou a implantação do teletrabalho podem ser de grande valor na implementação da política de mobilidade devido ao seu conhecimento na área. Muitas vezes, tais parcerias podem economizar “braços” dentro da empresa, tomando a frente do processo de implementação e acompanhamento do projeto. Em geral, o custo dessa terceirização, se houver, é justificada pelos resultados.
4) Preparar incentivos como gatilho para utilização
Quando falamos de mudança de hábito, alguns incentivos podem ser necessários para que as pessoas comecem a testar algo novo. Repensar a política de benefícios, como por exemplo vagas de estacionamento ou vale-combustível, pode ser um caminho interessante. Muitas empresas têm adotado vagas preferenciais para quem participar de caronas ou mesmo começaram a cobrar pelo estacionamento. Outras subsidiam o transporte por fretados. Uma prática muito interessante para incentivar o funcionário a deixar o carro em casa é a volta garantida por meio de táxis ou veículos da própria frota da empresa no caso de nenhuma opção de mobilidade implementada for encontrada na volta para casa. Premiar e valorizar quem participa da ação pode aumentar significativamente o engajamento e capilaridade do projeto, principalmente nos estágios iniciais do projeto.
5) Estabelecer metas e acompanhar os resultados
Para identificar o sucesso do projeto é necessário estabelecer metas, uma vez definidos os objetivos. Elas podem ser a redução do número de pessoas que se deslocam sozinhas para o trabalho, redução nas emissões de carbono relacionadas ao deslocamento, entre outras. É importante ressaltar que o processo pode levar alguns meses desde o estudo, comunicação e aderência à plataforma. Testar as possibilidades pode ajudar a afinar o processo em busca de resultados consistentes.

Compartilhar nas redes

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Procurar

Guia de mobilidade corporativa.

Saiba como aumentar a eficiência e reduzir custos de transporte na sua empresa.

Assine nossa newsletter

Últimos posts

Mês de publicação

Leve o Bynd para a sua empresa ou universidade