Evento: Mercado Livre apresenta seu case com o bynd

,

07 out 2016

Nesta semana (dia 4 de outubro) aconteceu o fórum MOBILIDADE URBANA: DESAFIOS, SOLUÇÕES E BENEFÍCIOS PARA SUA EMPRESA – organizado pela Câmara de Comércio França-Brasil em parceria com o WRI Brasil Cidades Sustentáveis.

Abertura do Fórum: Thierry Botho

O Fórum durou a manhã toda e aconteceu na Maison France, que fica dentro do Consulado da França no Rio de Janeiro.
Durante o primeiro painel foram apresentadas maneiras eficientes para reduzir o tempo de deslocamento dos colaboradores até o trabalho, dado que esse fator impacta diretamente a qualidade de vida, bem estar e também a produtividade dos colaboradores. Entre as medidas discutidas, o teletrabalho (também conhecido como Home Office) foi citado como a política que tem o potencial de impactar de maneira mais profunda o deslocamento, dado que acaba com a necessidade de deslocamento. Entre outros fatores, investimentos na contrução de infraestrutura de transporte público também foram apontado como cruciais. De acordo com Eric Farcette, da Alstom, seria necssário dobrar a quantide de quilômetros de metrô no Rio de Janeiro e também multiplicar por 10 a malha do VLT para que o trânsito pudesse desafogar na cidade!
Além disso, Guillermo Petzhold, do WRI Brasil, trouxe a tona à questão que relaciona a situação caótica do trânsito à baixa ocupação dos carros como veículos de transporte. Segundo ele, cumpre também às empresas o papel de incentivar a mudança de comportamento do transporte individual ineficiente para um transporte mais colaborativo, com maiores taxas de ocupação e menos carros nas ruas.

Guillermo Petzhold fala sobre a importância do uso racional do carro

Durante o segundo painel, soluções de mobilidade corporativa que já geram resultados para clientes corporativos puderam se apresentar, entre elas o bynd e o Bora Bike.

Gustavo Gracitelli apresenta o bynd durante o evento

Em seguida, foi a vez do Mercado Livre apresentar seu case de sucesso de mobilidade corporativa, que incluiu a adoção do bynd para que fosse possível reduzir a necessidade de vagas no estacionamento e assim, destinar às áreas livres para infraestruturas de lazer e bem estar destinadas aos colaboradores da MeliCidades (nome dado à nova sede da empresa).

Janaína apresenta os resultados da MeliCidade
A construção da MeliCidade consumiu R$ 105 milhões e foi um projeto que primou pela sustentabilidade

Através do bynd e de uma política de rodízio de vagas de estacionamento, a empresa pode reduzir em 20% a oferta de vagas de estacionamento, o que proporcionou – além de ganhos de espaço – uma significativa redução de custos associados à mobilidade corporativa. Outro ponto interessante é que o Mercado Livre levou em consideração à localização da moradia dos colaboradores para definir o local onde seria instalada a nova sede.
Assim como o Mercado Livre, é importante dizer que as empresas estão cada vez mais preocupadas com o deslocamento de seus colaboradores! Afinal, otimizar o deslocamento significa redução de custos, aumento de produtividade, melhoria de clima organizacional e redução de emissões de carbono!

Compartilhar nas redes

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Procurar

Guia de mobilidade corporativa.

Saiba como aumentar a eficiência e reduzir custos de transporte na sua empresa.

Assine nossa newsletter

Últimos posts

Mês de publicação

Leve o Bynd para a sua empresa ou universidade